O Personagem Pleno

Já se perguntou o porquê de quase todas as aventuras terem três personagens no núcleo principal?

Pense em Harry Potter, por exemplo. Rony, Hermione e o próprio Harry formam um trio. Percy Jackson também tem uma formação muito parecida com o sátiro Grover e Annabeth. Matrix tem Neo, Morpheus e Trinity. Ghost in the Shell tem a major Motoko, Batou e Togusa…Se você começar a reparar, muitos filmes e livros que você acha legais têm um núcleo de três personagens ou, mais precisamente uma Tríade.

O Personagem Pleno - Tríades Famosas

Tríades famosas na literatura, na TV e no cinema.

Foi compilando e analisando este fenômeno que eu pensei em escrever o livro O Personagem Pleno. Além de demonstrar que a Regra da Tríade existe, eu proponho uma teoria para explicá-la. Sua base está em antigos arquétipos, como o querubim, criatura fantástica formada por três animais. Cada um deles é um símbolo que diz algo a respeito de nós mesmos.

O Personagem Pleno não é uma receita de como usar uma fórmula. Assim como Joseph Campbell não criou ou recomendou o uso do Monomito – mais conhecido como A Jornada do Herói – em sua obra O Herói de Mil Faces, eu não proponho o uso indiscriminado da Regra da Tríade em obras literárias ou cinematográficas. O Personagem Pleno é um livro que analisa o fenômeno dos trios e explica como ele pode ajudar a criar personagens e enredos mais verdadeiros e atraentes, gerando empatia quase instantânea com o leitor ou o espectador.

Assista ao Book Trailer do livro.

SINOPSE

Existe uma coisa em comum com grande parte dos sucessos literários e cinematográficos. Todos eles têm um núcleo de três personagens principais. Esse fenômeno pode ser visto facilmente em Harry Potter, Guerra nas Estrelas, Percy Jackson, O Rei Leão, Jornada nas Estrelas, A Era do Gelo, a saga Crepúsculo, Matrix, Piratas do Caribe, Os Instrumentos Mortais, Mogli – o menino lobo, Ghost in the Shell, O Código da Vinci, A Lenda do Tesouro Perdido, A Múmia, Indiana Jones, e muitos outros. A verdade é que parte do sucesso dessas obras está relacionada ao fato de todas terem um núcleo de três personagens principais. Entender o porquê disso é o tema central do livro O Personagem Pleno. Neste ensaio, o escritor, o roteirista ou o leitor curioso vão descobrir o que está por trás desses arquétipos que têm sido usados desde a antiguidade. Também vão aprender como usar isso em suas próprias criações, gerando empatia profunda e intensa em leitores e espectadores. Muito mais do que recomendar o uso de uma regra, o livro traz o significado dela, permitindo que escritores ou roteiristas usem o conhecimento da Regra da Tríade para criar personagens empáticos e convincentes. Assim como conhecer a jornada do herói, entender a Regra da Tríade pode levar o escritor e o roteirista a criarem obras mais envolventes, profundas e com maior aceitação do público, seja ele um público mais exigente ou de consumo de massa.

Indicado para escritores, roteiristas ou curiosos, O Personagem Pleno pode ser adquirido na Amazon. Veja como criar personagens muito mais interessantes clicando na capa do livro.

Capa do livro O Personagem Pleno

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s