Os Espectros de Laguna

A guerra do Paraguai foi um dos episódios mais tristes da história da América do Sul.

Apesar da grande extensão de seus horrores, um dos episódios que mais ficou marcado foi A Retirada de Laguna. Durante a guerra, um grupo de combatentes invadiu o território paraguaio até uma fazenda do presidente Solano Lopes, que se chamava Laguna. Por causa do despreparo, da fome, das doenças e do mau tempo, o grupo de brasileiros teve de retornar ao Brasil depois de muitos revezes.

Em 6 de abril de 1867, quando a coluna invadiu o Paraguai, o efetivo era de 1680 combatentes. A 11 de junho, quando finalmente o grupo se desfez em solo nacional, restavam 700 deles.

Esse episódio da história da guerra teria passado como mais um entre tantos, não fosse a presença de Alfredo D’Escragnolle Taunay, mais conhecido como Visconde de Taunay, entre o efetivo que sofreu tantas mazelas naquela empreitada.

Taunay escreveu um livro chamado A Retirada de Laguna, o qual nos traz os detalhes das dificuldades e dos horrores da época.

Este conto de fantasia e ficção é inspirado em sua narrativa assustadora.

Capa Os Espectros de Laguna